banner ocb
Psicodelia

Psicodelia orgânica ao invés de sintéticos

Ainda que a psicodelia orgânica tenha atingido em cheio a cultura alimentar ocidental nos últimos anos, infelizmente o mesmo não ocorreu em relação à cultura psicodélica. Refiro-me à ilógica preferência que os jovens apresentam ao optar por comprar psicodélicos sintéticos de proveniência desconhecida, ao invés de simplesmente obtê-los da própria natureza.

É importante apontar que, em muitos casos, laboratórios clandestinos que produzem substâncias químicas estão mais interessados no lucro do que numa experiência saudável por parte dos consumidores. Não se deve esquecer que, devidamente observadas as exceções, frequentemente tratam-se de grupos intimamente relacionados ao crime internacional organizado – eis a razão da ínfima quantidade de LSD encontrada nos ácidos vendidos atualmente em comparação com aqueles dos anos 60, que geralmente consistiam em LSD puro e eram essencialmente sintetizados com o propósito de conduzir os indivíduos à experiência psicodélica.

Psicodelia orgânica: ao invés dos sintéticos, opte por naturais!

Ao se falar em produção laboratorial visando o lucro, logo vem à mente a ideia de componentes anfetamínicos e outras substâncias químicas utilizadas para “distrair” o usuário e baratear a produção. Não estou dizendo aqui que a indústria farmacêutica legal seja mais bem-intencionada que a do mercado negro, pois ela segue a mesma lógica que os empreendimentos clandestinos, ou seja, unicamente centrada no lucro. De qualquer forma, eu certamente recomendaria a preferência pelo uso de psicodélicos orgânicos caso você realmente esteja interessado em vivências psicodélicas.

Talvez você não viva no campo e não tenha tempo para ir ao pasto procurar cogumelos psilocibínicos, nem queira participar de rituais religiosos para tomar ayahuasca ou jurema. Não é nenhum problema! Experimente pedir em sites confiáveis da internet produtos como extratos de Salvia divinorum ou sementes que contenham LSA, tais como Argyreia nervosa (preferencialmente da variedade havaiana), Rivea corymbosa e Ipomoea violacea (mais conhecida como Morning Glory).

eb433d3f 2144 4dae 9f43 082a2fb6cdce 787x1024 - Psicodelia orgânica ao invés de sintéticos

Psicoativos de qualidade e/ou naturais deixarão seus sinais mágicos!

Estes são apenas alguns exemplos entre uma miríade de produtos que são fornecidos, incluindo bolos de cultivo de cogumelos psilocibínicos (novo exemplo de psicodelia orgânica). Você não estará arriscando sua saúde com possíveis excipientes químicos laboratoriais, sem falar que esses produtos naturais costumam ser bem mais baratos do que drogas adquiridas no mercado negro (excetuando-se algumas plantas de mais difícil obtenção e conservação). Dessa forma, você não apenas estará fazendo um favor a seu corpo e a seu bolso, como também estará abstendo-se de contribuir com o crime organizado internacional. Além do mais, para a maioria das pessoas uma viagem de psicodelia orgânica leva a uma conexão muito mais profunda com a energia da natureza.

Até a próxima!

*artigo por Mark de Lima, autor de O Pequeno Manifesto da Educação Psicodélica

Comente também!

comentários


Notice: Trying to get property of non-object in /var/www/psicodelizando.com/wp-content/themes/flex-mag/functions.php on line 982
banner ocb
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top